Advogada por formação, ilustradora apaixonada por manipulação de imagens e pintura digital. Gosta de Livros, Música, Abóboras, Halloween, Rock e Fogos de Artifício. Vidente e psicóloga emocional.

S. J. Watson

3 minutos de leitura

 

Título Original: “Second Life” | Autor(a): S. J. Watson | Gênero: Suspense e Mistério | Ano: 2016 | Páginas: 434 | Editora: Record | Skoob | Data da Leitura: 23/09/2018

 

Sinopse: O novo livro de S.J. Watson, autor do best-seller Antes de Dormir. Quando Kate é assassinada, a única forma que sua irmã Julia encontra de lidar com o luto é fazer o trabalho da polícia: procurar o assassino. Porém, ao descobrir que a irmã tinha perfis em sites de relacionamentos para conhecer homens e fazer sexo com eles, virtual ou não, o que antes era uma busca por um criminoso se torna uma exploração de suas fantasias sexuais mais secretas. Mas isso coloca em risco seu casamento, sua família e sua própria vida.  

“Vida Dupla” vai nos contar a história de Julia que ao descobrir que sua irmã foi assassinada e a polícia não faz nenhum avanço nas investigações, resolve descobrir por ela mesma como e por quem a irmã foi assassinada. Encontrando perfis de Kate em sites de relacionamento para sexo casual ou virtual, Julia mergulha fundo demais nesse mundo, colocando sua família e sua vida em risco.

5 minutos de leitura

 

Título Original: “Before I Go To Sleep” | Autor(a): S. J. Watson | Gênero: Suspense e Mistério | Ano: 2012 | Páginas: 400 | Editora: Record | Skoob | Data da Leitura: 12/09/2019

 

Sinopse: Se a loucura é o oposto do que nos faz humanos, o espelho onde repousa nosso reflexo distorcido, a memória é o que nos alinha com a razão. Talvez por isso, os dois temas estejam entre os preferidos dos romancistas. Mas poucas vezes seu uso, ou o do alinhavo entre os dois, resulta num livro tão singular. A originalidade nessa seara é artigo raro de encontrar. Mas não impossível, como mostra o incensado romance de estréia de S. J. Watson. Antes de dormir pegou a crítica especializada — e o público — de surpresa. E resultou numa onda de elogios entusiasmados de nomes como Lionel Shriver e Dennis Lehane. E na compra dos direitos para o cinema por Riddley Scot, que já garantiu Nicole Kidman no elenco. Pensado por um audiologista do Hospital St. Thomas de Londres entre turnos e aulas sobre como escrever um romance, este é um thriller extremamente literário que aposta no trivial, no mundano. Tudo pode acontecer. Tudo acontece. Antes de dormir violenta toda e qualquer fabulação. É quase impossível não criar conjecturas que caem a cada página, para serem substituídas por outras teorias igualmente equivocadas. No centro deste romance surpreendente sobre memória, identidade e loucura, está uma pergunta aterrorizante. Como alguém pode viver se não consegue acreditar em si mesmo? Mais: como é possível se construir em menos de 24h? Christine acorda numa cama estranha, ao lado de um homem com uma grossa aliança no dedo. Sua primeira reação é imaginar que na balada tenha se envolvido com um homem casado. Enquanto tenta se lembrar com esforço da noite anterior, entre pudores de ser descoberta pela esposa traída, ela finalmente se olha no espelho. E não reconhece o reflexo. Pelo menos vinte anos mais velho do que esperava encontrar. É então que o homem lhe revela algo perturbador: todos os dias, suas memórias desaparecem todas as vezes que ela dorme. O estranho, seu marido Ben, é obrigado a recontar a vida deles todas as manhãs. Encorajada por seu médico, ela começa um diário para ajudá-la a recompor as memórias dia após dia. Certa manhã, ela o abre e se depara com quatro assustadoras palavras: “Não confie em Ben”. E ela passa a se perguntar… Que acidente a fez ficar assim? Em quem ela pode confiar?  

Antes de Dormir” vai nos contar a história de Christine Lucas, uma mulher na faixa dos quarenta anos que não se lembra de nada. Christine é amnésica e pode reter apenas memórias de um dia, quando ela dorme, todas as suas memorias desaparecem e ao acordar, Christine, acha ser décadas mais nova e está ao lado de um homem que não reconhece, em um quarto que não se lembra numa casa que nunca viu. O homem se diz seu marido e explica a Christine o que está acontecendo, o que ela tem pra fazer aquele dia e o quanto são felizes vivendo daquela forma. Será mesmo?

Se é livro pra desgraçar a cabeça e me deixar pensando nele por dias, pode acreditar que eu corro para ler e não foi diferente com “Antes de Dormir". Conheci o livro por uma propaganda no Facebook da própria editora e por ser uma publicação mais antiga, fiquei surpresa de eu ainda não conhecer o título, já que adoro livros com enredo cheio de segredos.

Posts recentes

Categorias

Facebook

Meus Ebooks

Youtube

Lendo