Advogada por formação, ilustradora apaixonada por manipulação de imagens e pintura digital. Gosta de Livros, Música, Abóboras, Halloween, Rock e Fogos de Artifício. Vidente e psicóloga emocional.

Companhia das Letras

4 minutos de leitura

Título Original: – | Autor(a): Milton Hatoum  | Gênero: Drama | Ano: 2009 | Páginas: 270 | Editora: Cia das Letras| Skoob

Comprar | Ler um Trecho do Livro

Sinopse: Dois Irmãos” é a história de como se constroem as relações de identidade e diferença numa família em crise. É a história de dois irmãos gêmeos - Yaqub e Omar - e suas relações com a mãe, o pai e a irmã. Moram na mesma casa Domingas, empregada da família, e seu filho. Esse menino - o filho da empregada - narra, trinta anos depois, os dramas que testemunhou calado. Buscando a identidade de seu pai entre os homens da casa, ele tenta reconstruir os cacos do passado, ora como testemunha, ora como quem ouviu e guardou, mudo, as histórias dos outros. Do seu canto, ele vê personagens que se entregam ao incesto, à vingança, à paixão desmesurada. O lugar da família se estende ao espaço de Manaus, o porto à margem do rio Negro: a cidade e o rio, metáforas das ruínas e da passagem do tempo, acompanham o andamento do drama familiar. Prêmio Jabuti 2001 de Melhor Romance.

O livro vai nos apresentar a história de Halim, Zana, Domingas, Omar, Yaqub, Rânia e Nael. Narrada aos pedaços por Nael, filho de Domingas e empregada da casa, conhecemos a família libanesa e seus dois filhos gêmeos, idênticos em forma, mas completamente diferentes em suas personalidades. Em meio ao relacionamento familiar difícil e, por vezes, desastroso, Nael nos faz acompanhar uma Manaus em ascensão.

Obviamente resolvi ler “Dois Irmãos” após ter assistido a minissérie da Rede Globo que estreou dia 09 de Janeiro e terminou dia 20 do mesmo mês. Terminei a leitura do livro pouco mais de um mês do final da minissérie e através dessa leitura, pude entender melhor alguns pontos que, par amim, ficaram faltando na adaptação para a televisão.

5 minutos de leitura

Autor(a): Yeonmi Park | Gênero: Autobiografia| Ano: 2016 | Páginas: 328 | Editora: Companhia Das Letras| Skoob

Comprar | Ler um Trecho do Livro

A jornada de uma garota norte-coreana para a liberdade.[](https://www.skoob.com.br/autor/15916-yeonmi-park)

Sinopse: Em narrativa memorável, uma jovem norte-coreana conta como escapou de uma das mais sanguinárias ditaduras do planeta.

Yeonmi Park não sonhava com a liberdade quando abandonou a Coreia do Norte. Mas sabia que fugir era a única maneira de sobreviver à fome, às doenças e ao governo repressor. Este livro é a história da luta de Park pela vida. O leitor acompanha sua infância no país mais sombrio do mundo. Em seguida, testemunha sua fuga, aos treze anos, pelo submundo chinês de traficantes e contrabandistas. Emociona-se com seu périplo pela China através do deserto de Gobi até a Mongólia, guiada pelas estrelas, em direção à Coreia do Sul. Vibra com seu papel como ativista pelos direitos humanos. Antes dos 21 anos, Yeonmi acumulou experiência suficiente para encantar todas as gerações de leitores neste livro memorável.

O livro é uma autobiografia de Yeonmi Park que conta sua história de vida durante os duros anos de sua infância em que viveu na Coréia do Norte, os tristes anos em que viveu sua adolescência na China e outros tantos acontecimentos em sua vida durante seus vinte e um anos. A sinopse já nos entrega muito do que Yeonmi passou, mas nada se compara quando abrimos o livro e caímos de cara nos acontecimentos de sua vida.

3 minutos de leitura

Autor(a): Daniel Handler | Gênero: Romance | Ano: 2012 | Páginas: 368 | Editora: Seguinte (Cia. Das Letras)

Sinopse:Min Green e Ed Slaterton estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de Por isso a gente acabou, que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico - características da personagem - e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas desse romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou.

A história gira em torno de uma carta ENORME escrita por uma garota que teve seu coração partido e nessa carta, Min Green narra os motivos pelos quais seu relacionamento com Ed Slaterton acabou e, ao mesmo tempo, nos deixa claro os motivos pelos quais esse relacionamento começou. Durante toda a carta, Min parece completamente apaixonada por Ed e mesmo descrevendo os motivos que a fazem odiar o garoto, temos a impressão de que ela ainda é apaixonada por ele.

Quando iniciei a leitura de “Por Isso A Gente Acabou", achava que Min (Minerva) era uma garota de vinte e poucos anos, com um relacionamento longo com Ed e, por isso, sua carta descrevendo o motivo da devolução de cada coisinha significativa do relacionamento deles era tão longa, mas infelizmente, Min é uma adolescente e a longa carta descreve os intensos e intermináveis 28 dias (aproximadamente) de relacionamento que ela tivera com Ed.

Posts recentes

Categorias

Facebook

Meus Ebooks

Youtube

Lendo