Advogada por formação, ilustradora apaixonada por manipulação de imagens e pintura digital. Gosta de Livros, Música, Abóboras, Halloween, Rock e Fogos de Artifício. Vidente e psicóloga emocional.

3 minutos de leitura

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots. Um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

É bem dificil começar esse post, então vamos do começo!

Meu primeiro Show foi do Nando Reis e os Infernais em 2005, ganhei os ingressos na rádio Mix. Eu tinha 17 anos e tudo era MUITO novo pra mim, mesmo que eu nem soubesse quem era Nando Reis, foi um show muito bom, mesmo que o meu desejo fosse ir no show do Link Park que tinha acontecido uns meses antes.

Depois, fiquei bons anos sem saber o que era um show de verdade ou qualquer outro tipo de show, então me aparece o maravilhoso, sensacional, inesquecível e irresistível SWU Music and Arts Festival 2010! Nessa época eu estava viciadíssima em Avenged Sevenfold e Queen of The Stone Age, até ai tudo bem, mas tínhamos alguns problemas.

Eu estava desempregada;

Cada ingresso custava 240 reais;

Era em ITU;

E todos os meus amigos da época iam.

Lembro até hoje como briguei loucamente com a minha mãe por causa desse show, foram meses tensos porque ela não cogitava a mínima ideia de me deixar ir ou de ir comigo. Então, fui a luta e arrumei um emprego de Hostess em um restaurante americano, juntei três meses de salário para comprar os ingressos para mim, meus dois irmãos e minha mãe. SIM, minha mãe foi com a gente, uma senhora de cinquenta e poucos anos pulando e cantando com o Cavalera Conspiracy. Ainda pintei meu cabelo de azul pra ir e foi uma loucura!

Fui no dia 11 de outubro, o ultimo dia do festival que teve mais de 60 mil pessoas. Viajamos duas horas de carro até Itu, nos perdemos, estacionamos longe demais, levamos três horas para entrar na arena e quando entramos encontrei TODOS os meus amigos por lá! Hoje eu não falo com nenhum dos amigos dessa foto, mas a vida é cheia dessas coisas. Quando fomos tirar essa foto acima, os dois últimos da direita se juntaram, mas não faço ideia de quem são!

Show do A7X

Fiquei mais tempo com a minha família, os amigos foram se perdendo no meio das 60 mil pessoas na arena Maeda e o Show do Avenged Sevenfold com o Mike Portnoy foi tão sublime que eu não me lembro de muita coisa, só lembro de como eu senti tudo. Hoje vejo as imagens do show e sinto como se eu não estivesse ali no meio da galera, mas flutuando com as músicas.

Depois ainda teve Incubus, Queens Of The Stone Age e Linkin Park.

Mas, não se enganem o festival ainda não tinha acabado pra mim, porque ainda não tinha chegado a hora do show do Queens Of The Stone Age e quando chegou, aquele show acabou com o meu coração de fã. Eu estava bem perto e só caí na real quando minha mãe segurou minha mão e gritou “Para de pular, você vai se machucar, menina!". Até hoje lembro de muitos detalhes daquele show, principalmente quando Josh disse para a platéia que não tinha como agradecer o amor dos fãs com palavras, então ele agradeceria com música e tocou mais um sucesso.

Delícia do Josh Homme!

No fim, ainda encontramos uma foto nossa na edição de Dezembro de 2010 da Veja sobre sustentabilidade!

O post ficou ENORME, mas esse foi o SHOW da minha vida. Quem quiser ver o show do Queens Of The Stone Age, é só dar play ai embaixo!

Posts recentes

Categorias

Facebook

Meus Ebooks

Youtube

Lendo